Seguidores

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Enfim...

Enfim o Grêmio ganhou um título depois de alguns anos. Não estou muito satisfeito com o desempenho do time, que para mim, ainda tem algumas deficiências. Acho que o meio campo ainda não deu prova suficiente de confiança. O ataque... bom esse eu continuo achando que é irritante ver o Jonas jogar, mas sou voto vencido.
A única virtude que vejo no time do Grêmio é que o técnico Silas procura manter o esquema tático da equipe, é um acerto, prova disso é que o time, mesmo com todas as deficiências que apresenta consegue se superar, e mais ainda, superar alguns adversários.
Talvez os ventos soprem a nosso favor, pois estão acontecendo coisas alheias ao meio futebolístico. Contra o Fluminense o maior temor gremista, Fred, está fora. O Santos que, segundo dizem é um fenômeno, já perdeu para um modestíssimo Santo André. Enfim, já que time não é de muita confiança, que os ventos nos ajudem então.
Quanto ao Grenal de ontem, acho que não assisti ao mesmo jogo que os comentaristas.
O Internacional deu dois chutes a gol, logo no início do jogo, um deles resultou no gol (para mim, falha do Victor) e foi só.
O Grêmio deu por baixo cinco chutes que poderiam ter resultados em gol, não fosse a ruindade dos atacantes. O goleiro colorado defendeu porque foram na sua direção, no meu entender é um goleiro fraco para as pretensões vermelhas.
Comentaristas disseram que foi um jogo equilibrado... foi um jogo nervoso, mas equilibrado vai uma distância. Não ouvi o nome do goleiro gremista em toda a partida já o colorado. O Inter não entrou na área gremista. Não sei onde está o tão falado equilibrio.
Enfim, entre mortos e feridos o Grêmio foi campeão. (Uma flautinha) tudo está no seu lugar, graças a Deus!