Seguidores

sábado, 28 de novembro de 2009

Filmes e Futebol

Sobre os filmes ainda... andei vendo alguns filmes neste meu pequeno espaço de férias forçadas, pois o colégio em que trabalho voltou a alagar por conta das chuvas "el niñescas" que assolam nosso estado. Gostei muito de uma comédia romântica chamada "P.S Eu te amo", com a oscarizada Hillary Swank, brilhante na composição da personagem, e do pouco conhecido, mas bem no papel, Gérard Butler. Um filme simples porém bonito, mais um na longa lista de filmes que Hollywood produziu, que não necessita ter tiros nem caras feias para agradar. Bom programa para uma tarde cinzenta.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

A direção gremista peca em ficar divulgando nomes para substituir o péssimo mas, segundo insistem alguns jornalistas, "ético e profissional" Paulo Autuori. Queima o filme da diretoria e dos técnicos que acabam crescendo o olho no salário a ser negociado. Agora desta lista de nomes Nelsinho Baptista... pelo amor de Deus!! Quem teve a ideia de colocar este inapto na lista? Qual sua trajetória? Façam-me o favor!!!
Sobre Autuori, não vi nenhuma grande ética profissional nele. Se não existe proposta irrecusável, por que ele não ficou por lá mesmo? Veio para o Grêmio seis rodadas depois de iniciado o campeonato e foi embora cinco rodadas antes. Que profissionalismo exuberante!!! Vai-te embora!!!

domingo, 8 de novembro de 2009

Filmes

Sou um aficcionado em filmes. Vejo muito menos do que gostaria de ver, quase não frequento os cinemas da cidade, o que é lamentável. Se tivesse tempo, não falo em dinheiro pois existem muitas promoções por R$ 2,00, estaria seguidamente nas salas de exibição. Mas, apesar disso, com a tecnologia nos ajudando, os DVDs estão aí. Gosto de filmes da linha investigativa-política e aqui cito alguns que considero muito bons, a maioria clássicos, nem poderia ser diferente. "Salvador"- conta a história de um anarquista espanhol que luta contras o regime franquista.
"Todos os Homens do Presidente"-conta como foi descoberto o que passou a ser chamado escândalo de watergate nos EUA. Dos filmes de nossa terra cito "Pra Frente Brasil"-uma porrada na memória combalida deste país e "Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia.
Todos filmes densos, com bons roteiros, enxutos e vão direto ao ponto e dão uma real noção das situações políticas pelas quais passavam esses países, desnudando a corrupção e o autoritarismo. filmes para entender o que aconteceu e para que nunca mais tenhamos que passar por algo parecido.
Tentarei, em mais um de meus objetivos com este blog, seguir com mais dicas, mesmo que sejam só pra mim.

sábado, 7 de novembro de 2009

Chuva e Dinheiro

Hoje chove muito em Porto Alegre. Pra variar, ruas alagadas, falta de luz em muitos bairros, engarrafamentos em determinados pontos da cidade... típico de uma capital. Sei que o poder público é omisso em muita coisas, entre elas o saneamento básico e melhorias dos esgotos pluviais, mas fica difícil competir com a falta de educação das pessoas. seguimos sempre vendo descarte do lixo em qualquer lugar, que, em dias como o de hoje, vão direto para as bocas de lobo, entupindo tudo. Complicado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------
Nossa governadora, Yeda Crusius, mandou um projeto para a AL propondo aumento para os servidores públicos, entre os quais encopntra-se o magistério obviamente, e para esse setor propôs um aumento de 50%. Uau!... Não nos enganemos, propuseram piso de R$ 1.500,00 mas as vantagens( que é o que torna os salários menos ridículos) incidirão sobre o piso atual, que é de R$ 650,00. Não seja patética governadora!! Como digo sempre nos meus escritos: Respeitem o Magistério!!!

domingo, 1 de novembro de 2009

Novos Rumos.

Bem, seguindo meu principal intuito ao começar a escrever neste blog, resolvi opinar sobre filmes, novelas, etc.
E vou começar com essa novela das oito(que começa as nove)" Viver a vida". Não falarei nada que alguém comum já não tenha percebido. A questão da protagonista, Tais Araújo, no papel de Helena. No meu entender não deu certo. O personagem, pelo que pude perceber é pra ser uma mulher madura, aí começa o problema, Helena e Luciana, sua enteada, tem praticamente a mesma idade, soa falso, a personagem fica sem empatia junto ao público. Todas as Helenas de Manoel Carlos são mulher acima dos 40 anos, vividas, com problemas normais mas com experiência de vida, coisa que essa atual Helena definitivamente não tem.
Por outra, não sou nenhum entusiasta das novelas do Manoel Carlos, mas ontem(sábado) uma cena foi interessante: Uma família tomando café da manhã, da qual a personagem de Giovanna Antonelli é sobrinha( não sei o nome da personagem). Ela tem uma filha e a discussão surge pelo fato de que ela não contribui com as despesas da casa, o tio dela faz um discurso e lá pelas tantas ele a visa ela de que não tolerará mais a falta de ajuda dela e diz que quando ela chegou grávida "dessa daí", numa referência à sua filha. O restante não interessa.
Quero chamar a atenção para um fato comum nas discussões dos adultos quando envolvem crianças: eles(adultos) não estão nem aí para a presença dos pequenos. É um erro comum, aliás não é um erro, é um pecado mortal! No meu trabalho como professor, vejo descalabro diários cometidos contra crianças, e não falo da agressão física mas pior, agressão psicológica, descaso. Isso é muito pior mesmo. Quantos traumas, quantos problemas criamos pelo simples fato de não medirmos nossas palavras diante das crianças. É o maior erro que cometemos com elas, achamos que elas não entendem nada. Quanta estupidez a nossa. Temos a genialidade juntamente com a humildade e simplicidade misturadas na figura da criança e achamos que elas não entendem nada. Pobre de nós!