Seguidores

domingo, 6 de dezembro de 2009

Malandragem Colorada.

Daqui a pouco mais de 3 horas começará a última rodada do campeonato brasileiro. Rodada esta que foi muito discutida por todos os cronistas esportivos, cronista de bares em geral, enfim, ocupou todos os assuntos de todas as rodas de discussões. O Internacional para ser campeão, precisa vencer o Santo André no Beira Rio e torcer por um tropeço do Flamengo contra o Grêmio no Maracanã. Discutiu-se muito qual seria a postura do Grêmio neste jogo no rio de Janeiro. As colocações mais estapafúrdias foram postas. Questionaram a dignidade dos jogadores do gremistas(leia-se Vitório Píffero, presidente do Inter). A polêmica transformou-se na seguinte situação: se o Grêmio não vencer, o campeonato foi uma fraude! É assim que querem mascarar a incompetência colorada em fazer a sua parte. Pois o Inter teve inúmeras chances de tornar-se líder do campeonato muito antes da final e nunca conseguiu e agora querem tirar a cobrança da torcida de cima dos próprios ombros e jogá-la para o Grêmio. Quanta incompetência!! o mais engraçado é que não levam em conta o retrospecto negativo do Grêmio fora de casa este ano. Venceu apenas uma! Contra o Flamengo, nos campeonatos de pontos corridos no Maracanã, nunca venceu!! Com certeza não será hoje.

sábado, 28 de novembro de 2009

Filmes e Futebol

Sobre os filmes ainda... andei vendo alguns filmes neste meu pequeno espaço de férias forçadas, pois o colégio em que trabalho voltou a alagar por conta das chuvas "el niñescas" que assolam nosso estado. Gostei muito de uma comédia romântica chamada "P.S Eu te amo", com a oscarizada Hillary Swank, brilhante na composição da personagem, e do pouco conhecido, mas bem no papel, Gérard Butler. Um filme simples porém bonito, mais um na longa lista de filmes que Hollywood produziu, que não necessita ter tiros nem caras feias para agradar. Bom programa para uma tarde cinzenta.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

A direção gremista peca em ficar divulgando nomes para substituir o péssimo mas, segundo insistem alguns jornalistas, "ético e profissional" Paulo Autuori. Queima o filme da diretoria e dos técnicos que acabam crescendo o olho no salário a ser negociado. Agora desta lista de nomes Nelsinho Baptista... pelo amor de Deus!! Quem teve a ideia de colocar este inapto na lista? Qual sua trajetória? Façam-me o favor!!!
Sobre Autuori, não vi nenhuma grande ética profissional nele. Se não existe proposta irrecusável, por que ele não ficou por lá mesmo? Veio para o Grêmio seis rodadas depois de iniciado o campeonato e foi embora cinco rodadas antes. Que profissionalismo exuberante!!! Vai-te embora!!!

domingo, 8 de novembro de 2009

Filmes

Sou um aficcionado em filmes. Vejo muito menos do que gostaria de ver, quase não frequento os cinemas da cidade, o que é lamentável. Se tivesse tempo, não falo em dinheiro pois existem muitas promoções por R$ 2,00, estaria seguidamente nas salas de exibição. Mas, apesar disso, com a tecnologia nos ajudando, os DVDs estão aí. Gosto de filmes da linha investigativa-política e aqui cito alguns que considero muito bons, a maioria clássicos, nem poderia ser diferente. "Salvador"- conta a história de um anarquista espanhol que luta contras o regime franquista.
"Todos os Homens do Presidente"-conta como foi descoberto o que passou a ser chamado escândalo de watergate nos EUA. Dos filmes de nossa terra cito "Pra Frente Brasil"-uma porrada na memória combalida deste país e "Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia.
Todos filmes densos, com bons roteiros, enxutos e vão direto ao ponto e dão uma real noção das situações políticas pelas quais passavam esses países, desnudando a corrupção e o autoritarismo. filmes para entender o que aconteceu e para que nunca mais tenhamos que passar por algo parecido.
Tentarei, em mais um de meus objetivos com este blog, seguir com mais dicas, mesmo que sejam só pra mim.

sábado, 7 de novembro de 2009

Chuva e Dinheiro

Hoje chove muito em Porto Alegre. Pra variar, ruas alagadas, falta de luz em muitos bairros, engarrafamentos em determinados pontos da cidade... típico de uma capital. Sei que o poder público é omisso em muita coisas, entre elas o saneamento básico e melhorias dos esgotos pluviais, mas fica difícil competir com a falta de educação das pessoas. seguimos sempre vendo descarte do lixo em qualquer lugar, que, em dias como o de hoje, vão direto para as bocas de lobo, entupindo tudo. Complicado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------
Nossa governadora, Yeda Crusius, mandou um projeto para a AL propondo aumento para os servidores públicos, entre os quais encopntra-se o magistério obviamente, e para esse setor propôs um aumento de 50%. Uau!... Não nos enganemos, propuseram piso de R$ 1.500,00 mas as vantagens( que é o que torna os salários menos ridículos) incidirão sobre o piso atual, que é de R$ 650,00. Não seja patética governadora!! Como digo sempre nos meus escritos: Respeitem o Magistério!!!

domingo, 1 de novembro de 2009

Novos Rumos.

Bem, seguindo meu principal intuito ao começar a escrever neste blog, resolvi opinar sobre filmes, novelas, etc.
E vou começar com essa novela das oito(que começa as nove)" Viver a vida". Não falarei nada que alguém comum já não tenha percebido. A questão da protagonista, Tais Araújo, no papel de Helena. No meu entender não deu certo. O personagem, pelo que pude perceber é pra ser uma mulher madura, aí começa o problema, Helena e Luciana, sua enteada, tem praticamente a mesma idade, soa falso, a personagem fica sem empatia junto ao público. Todas as Helenas de Manoel Carlos são mulher acima dos 40 anos, vividas, com problemas normais mas com experiência de vida, coisa que essa atual Helena definitivamente não tem.
Por outra, não sou nenhum entusiasta das novelas do Manoel Carlos, mas ontem(sábado) uma cena foi interessante: Uma família tomando café da manhã, da qual a personagem de Giovanna Antonelli é sobrinha( não sei o nome da personagem). Ela tem uma filha e a discussão surge pelo fato de que ela não contribui com as despesas da casa, o tio dela faz um discurso e lá pelas tantas ele a visa ela de que não tolerará mais a falta de ajuda dela e diz que quando ela chegou grávida "dessa daí", numa referência à sua filha. O restante não interessa.
Quero chamar a atenção para um fato comum nas discussões dos adultos quando envolvem crianças: eles(adultos) não estão nem aí para a presença dos pequenos. É um erro comum, aliás não é um erro, é um pecado mortal! No meu trabalho como professor, vejo descalabro diários cometidos contra crianças, e não falo da agressão física mas pior, agressão psicológica, descaso. Isso é muito pior mesmo. Quantos traumas, quantos problemas criamos pelo simples fato de não medirmos nossas palavras diante das crianças. É o maior erro que cometemos com elas, achamos que elas não entendem nada. Quanta estupidez a nossa. Temos a genialidade juntamente com a humildade e simplicidade misturadas na figura da criança e achamos que elas não entendem nada. Pobre de nós!

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

CPIs, Cpis, cp...

A CPIs do momento são a do Detran aqui no Estado e da Petrobrás no congresso. As duas completamente esvaziadas. Não entendo essa questão das CPIs. No meu ponto de vista as investigações não deveriam sair do âmbito policial. A polícia, tanto quanto pode, é isenta, ninguém elege um policial, e não é comprometida(até por ali), com partidos políticos. Fica difícil de querer resolver alguma coisa quando tem política suja no meio. Deputados governistas aqui no estado, já somam 80 faltas nas sessões da CPI, ou seja não teve nada até agora. É muita sem vergonhice!!!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Burrice Tecnológica!!

Estou na escola pública em que trabalho, como a enchente deste Setembro negro ainda nos dá trabalho, estamos com o trabalho "atorado" ao meio. Por isso estou no computador, aproveitando o momento de folga. Meu assunto do momento é minha burrice quanto à informática. Estou no twitter, no facebook, no orkut, etc e tal, mas minha dificuldade me aprender todas as possibilidades das páginas é impressionante. Estava com alguma dificuldade em entender o twitter pois meu inglês é para sobrevivência, limita-se ao " number one, please!" Pois agora me sentei com calma na frente desta máquina maravilhosa e detestável ao mesmo tempo, e descobri que tem um tradutor automático e basta clicar!! E muita burrice!!!!!!

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Política, Grêmio e dinheiro.

Pois bem, estou de volta. Notícias do momento são de que a governadora do estado, Yeda Crusius, andou envolvida em escândalos de compra de móveis para a sua casa com dinheiro público. Segundo alguns entendidos em legislação, a lei é dúbia nestes casos. A governadora diz que transformou a sua casa em residência oficial do governo do estado, portanto pode fazer o que fez. Pergunto: quando ela sair do governo devolverá os móveis? Ou ainda, devolverá o dinheiro?
Vergonha total!!
-------------------------------------------------------------------------------------------------

Meu time, o Grêmio, sofre para entrar no g4, grupo dos quatro classificados para a Libertadores, depois da última rodada em que perdeu para o Corinthians, eu joguei a toalha. Não conseguiu entrar entre os quatro primeiros durante 30 rodadas não será nas últimas nove que conseguirá, pois terá que vencer 7 das nove partidas restantes. Acredito que o Grêmio será um time forte para o ano que vem, mesmo com esse plantel pois acredito no técnico, Paulo Autuori, mesmo ele tendo um perfil muito europeu para o nosso estilo sulista de jogar. Outro problema que atrapalha o técnico é os reservas, não tem quem substitua os titulares, fica muito complicado.
-------------------------------------------------------------------------------------------------

Estou passando um mês de muitas dificuldades financeiras, certamente como qualquer brasileiro normal neste país, mas tem um ponto positivo: consegui visualizar o que eu tenho que fazer para entrar e me manter no azul da conta bancária. Vai demorar um pouco, será um período de privações, mas vai dar certo e não terei mais problemas. É difícil imaginar que você precisa comprar algo para o seus filhos e olha para o bolso e tem o dinheiro suficiente. Mas não é uma queixa, é um aprendizado.

domingo, 23 de agosto de 2009

Escolhas.

Desde que meus dois filhos nasceram, fiz algumas escolhas na minha vida: ficar mais com eles, trabalhar menos, dormir menos, ter mais dores espalhadas pelo corpo, entre outras que, certamente, estão por vir e que desconheço até o momento. algumas dessas escolhas vieram no pacote juntamente com meus filhos, outras eu fiz de livre e espontânea vontade. O fato é que, independentemente das consequencias, tudo fica resolvido quando vejo o sorriso deles. Entendo que tudo está valendo a pena. A angústia de ter pouco dinheiro, as dores que, vez por outra, me preocupam, o pouco sono, o cansaço como consequencia, nada disso supera, nem de longe, saber e ter a plena certeza de que meus filhos são felizes. Como é que eu sei disso? Simplesmente porque eu sou feliz em tê-los. Tenho uma família feliz, amorosa. Por que então corremos atrás de outras coisas e nos afastamos do que mais importa nessa vida que é a felicidade? E a felicidade, com toda certeza, no meu caso, veio juntamente com a minha família. A simplicidade das minhas crianças é algo incrível e maravilhoso. Espero nunca me esquecer disso. Nunca mesmo...

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Mais Indignação!!!

Cá estou, vivo e bem. Quando consigo retornar aos escritos deste blog nunca venho com boas novas, não tem jeito. Entre muitos escândalos no Senado Federal, descobriram que o presidente da casa, José Sarney está envolvido em muitos deles. alguns partidos protocolaram documentos pedindo a renúncia do presidente da casa entre outras coisas. Pois bem, TUDO ARQUIVADO sem mais nem menos. Que beleza hein!!! Cambada mesmo!!!
Enquanto isso, nós pobres professores, continuamos a nossa luta contra todos, sem material, sem condições, sem salários, sem nada!!! Mas não "podêmo se entregá pros hômi amigo e companheiro, não tá morto que luta e quem peleia" é o que diz a música. Tô muito indignado!!!

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Respeito ao Magistério!!! Parte 3

Finalmente ouço vozes levantando-se a favor dos professores. Poucas é verdade mas já apareceram. Não quero com estes textos eximir os professores da culpa social que nós temos, mas é isso, culpa social, sociedade como um todo. O que querem fazer é simplesmente dizer que os professores são culpados, os principais e, talvez, únicos responsáveis pelo caos instalado em nossa sociedade. A violência, o desrespeito campeam soltos. Onde está a fontes desses males? Eu respondo sem nenhum medo de errar: na família. Onde anda a família? As crianças já nascem sem o direito sagrado de ter uma família normalmente constituída, não tendo isso, o restante é totalmente secundário na vida delas. Pra que diabos uma criança irá querer aprender letras e números se não teve o primordial que é um pai e uma mãe ao seu lado para orientá-lo? O que ela vai querer de importante em uma escola? Nada. Essa criança não irá aprender, não tem muita alternativa. Mas a culpa é do professor, sempre. Espero, sinceramente que essas poucas vozes sejam ouvidas nos órgãos competentes para que tenhamos, finalmente, políticas públicas de real efeito que se pense nas famílias e, principalmente nas crianças, mas sem paternalismos. Respeitem o Magistério!!!

terça-feira, 24 de março de 2009

Respeito com o Magistério!! Parte 2

Leio nos jornais e vi no noticiário do meio dia uma agressão a uma professora de quarta série da escola estadual Bahia, no bairro Boa Vista, por parte de alunas de, aproximadamente 15 anos. A professora sofreu um traumatismo craniano e está no HPS. Tirando todos os pormenores(nem tão menores assim) a Secretaria de Educação, que foi avisada do ocorrido, manifestou-se dizendo que a Escola não fez nenhum registro sobre a surra que a professora levou e nem sobre acontecimentos anteriores. Agora vem a pergunta: QUE REGISTRO?? Que conversa é essa de registro agora. Aconteceu um espancamento claro com testemunhas, uma pessoa que, no caso, é professora, com traumatismo craniano e um boletim de internação do HPS. O Que mais que a Secretaria quer? Um assassinato? Já estou vendo o que vai acontecer: debates sobre o assunto e então o que os nobres pensadores em educação dirão é o seguinte," A questão é mais ampla do que imaginamos" ou ainda "o que nós devemos combates não este caso e sim antes...", ou mais ainda, " não adianta combatermos o efeito, temos que atuar na causa dos problemas sociais...". CONVERSA FIADA DE QUEM NÃO ESTÁ NEM AÍ PARA OS PROBLEMAS DAS ESCOLAS.
É um absurdo o que acontece nas escolas deste país. Antes de encerrar este desabafo, já sei qual a conclusão que tirarão destes debates todos sobre a violência nas Escolas: a culpa é dos professores.. RESPEITO COM O MAGISTÉRIO!!!

domingo, 1 de março de 2009

Respeito com o Magistério!!!!!

Cá estou eu, vivo e forte, minha filha já está com 7 meses e meio meu filho com 2 anos e 10 meses e eu sigo o barco. A novidade do momento é a nova campanha deflagrada pelo CPERGS e outros sindicatos contra o governo Yeda. Espalharam outdoors pela cidade colocando-a como responsável pelo desmantelamento do Estado, autoritarismo, corrupção entre outros problemas que acontecem. Não chegaria a tanto, pois entendo que muitas coisas que o governo fez deveriam mesmo ter sido feitas muito tempo. a única coisa que não aceito neste governo, principalmente por parte da secretária da educação, Marisa Abreu, é a forma como ela coloca as coisas e as mudanças. É uma forma desrespeitosa com os professores, tratando-nos como meros objetos. entendo que os ajustes de pessoal e financeiros devam ser feitos mas não entendo arrogância. Esse é o problema! Arrogância, prepotência de alguém que por muitos anos esteve do outro lado do balcão, desfrutou de todas as regalias que o cargo poderia oferecer( a única que eu conheço são as férias prolongadas) e agora quer, por estar em situação mais confortável, retirar as conquistas que a classe obteve ao longo de anos e anos de lutas. Não é apenas um discurso político de esquerda e sim uma realidade pois quando a governadora entrou e disse que não teria aumento para ninguém logo em seguida aumentou os salário do judiciário e do executivo, na mesma hora e no percentual estipulado, coisa que não acontece com o magistério. Para conseguirmos um aumento de 10 ou 15 por cento é uma briga, meses de parcelamento, dificilmente nosso aumento acordado com um governo é pago pelo mesmo, sempre sobra para o outro governo, já no caso de seus próprios vencimentos saem no mês seguinte, aí fica difícil mesmo. O mínimo que nós pedimos é respeito, já sofremos muito com descaso dos alunos, dos pais e do governo. O governo é que deveria nos apoiar e não nos jogar contra a sociedade. Respeito!!!!