Seguidores

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Diário de um Professor público 3

Aconteceu já faz um bom tempo na escola em que trabalho mas só agora me lembrei de escrever e registra. Lembrando que estes casos, por mais absurdo que possam parecer, são verídicos.
Um aluno de terceira série, aproximadamente 10 anos, normalmente é menor a idade mas já repetiu de ano, perguntou ao nosso secretario:
- Que dia o senhor faz aniversário?
- 19 de Fevereiro- respondeu a secretário.
- E em que dia o senhor nasceu? - perguntou o menino.
- 19 de Fevereiro- respondeu o secretário com ar de estranheza.
- MAS NO MESMO DIA?! - bradou o menino espantado.
- Claro!!!!- responde o secretário mais espantado ainda.
- Que coincidência!!!
O menino virou as costas e foi embora e o secretário até hoje não sabe se o aluno estava brincando ou falando a verdade.
O pior é que ele falava a verdade!!

sábado, 13 de outubro de 2007

Valores

Interessante a forma como as pessoas tem de encarar certas situações. Basta uma pequena roupagem mais simpática e tudo muda de figura. Me refiro aos personagens de muitas novelas e mesmo aos BBBs que atravessam nossa vida.
Na novela Belíssima Alexandre Borges fazia um personagem do tipo mulherengo etc e tal. Lá pelas tantas ele impediu por meio de trapaças que uma mulher com quem ele queria se casar se casasse com outro pessoa. Pois bem, foi uma trapaça, sem vergonhice, safadeza, o nome que quiserem dar, mas foi ERRADO. Basta uma trilha sonora leve(era um pagode), alguns caretas meio engraçadas por parte do personagem e pronto: " mas ele é tão querido" ou " muito engraçado ele" ou ainda " mas ele não fez por mal". Que loucura!!!!!!!!!!!! Onde andamos??
Outra situação é a do Diego alemão do último BBB. Fazia tudo igual ao outro rapaz, o cowboy, no entanto trilhas sonoras legais ou outros artifícios. Se bem me lembro o alemão inclusive humilhou a Iris chamando-a de porta para baixo, mas...
A minha preocupação é a dos valores invertidos em que nós nos encontramos já faz muito tempo. O que é errado o nome já diz: é errado. Não podemos passar o valor da malandragem para nossos filhos, pois a malandragem não tem valor. Não o malandro que está certo o e sim o honesto. Vamos pelo caminho errado. Temos que mudar isto.

terça-feira, 9 de outubro de 2007

TROPA DE ELITE

O filme nem bem estreou e já deu muita polêmica pelo que pude acompanhar. Falo do filme brasileiro chamado Tropa de Elite, que retrata o dia a dia de um batalhão de polícia carioca o BOPE algo semelhante ao nosso GATE aqui no Estado.
Muitos dizem que não tem cabimento uma polícia ser tão violenta assim. Não vi o filme mas o que percebo é uma certa onda de falso moralismo, por parte de muitas elites, é bem verdade.
Vou direto ao ponto: se toda a violência que dizem que tem no filme foi contra os bandidos, dou todo o meu apoio!! Quando do filme Carandiru, as pessoas saíam do cinemas com dó dos bandidos e achando que os verdadeiros culpados eram os policiais. Em que mundo vivemos afinal de contas???!!! Pena de bandidos??? Quantas famílias foram destroçadas por causa do tráfico? Quantas crianças estão hoje sem qualquer perspectiva de futuro, pois já se envolveram com o tráfico e não tem mais condições de sair? Pena de quem matou sem dó nem piedade pessoas que tinham algum futuro pela frente e nem chance de escolha tiveram? Quando nós começamos a questionar se ser honesto e certo é porque realmente perdemos todos os critérios que norteiam a ética e a civilidade. Temos que nos compadecer das crianças que estão nas escolas públicas que recebem dos governos menos de R$1,00, eu disse R$1,00 por refeição nas merendas escolares. Isto é que temos que questionar e não o trabalho de quem nos livras das pestes sociais como é o tráfico de drogas. Não podemos chegar ao ponto de achar que os bandidos é que estão com a razão. É claro que eu falo dos bons policiais pois os maus não são policiais são bandidos também!!!
Hoje foi pra descarregar a raiva!!!! Me desculpem.

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Conselhos Tutelares

Tivemos, na semana que passou, as eleições para conselheiros tutelares em Porto Alegre. Um cargo de muita responsabilidade pois vai tratar das relações familiares entre outras atribuições sociais importantes. Verificar tratamento que os pais dão a seus filhos. Dependendo do caso, encaminhar acompanhamento psicológico, médico de forma geral e até encaminhar judicialmente a questão, em casos de maus tratos.
O acontece é que quase ninguém sabe a respeito dessas eleições. Por acaso você conhece alguém que tenha votado em um conselheiro tutelar? Sabe onde tem um local de votação? Sabe o nome de algum candidato? Nem eu! Não é impressionante?
Mas o fato é que, de alguma forma, algumas pessoas foram eleitas. E, digo isso sem nenhum medo de errar, nenhuma delas é suficientemente experiente em questões de crianças e adolescentes. Um dos pré requisitos para concorrer à eleição é que se tenha pelo menos dois anos trabalhando com alguma atividade social que envolva crianças e/ou adolescentes. Eu trabalho há quinze anos com crianças e adolescentes e não me sinto experiente o bastante para exercer algum cargo parecido. " Mas que presunção" dirão os mais afoitos. Diante dos péssimos conselheiros que tenho visto acho que não. Diante da ineficiência, descaso e despreparo dos conselheiros que seguidamente se elegem tenho certeza que não sou presunçoso. Sou apenas humilde.
Um assunto tão importante como é e educação neste país não poderia ser tratado de forma tão leviana como vem acontecendo com essas eleições para conselho tutelar
Isto que vemos aí é uma piada de muito mau gosto, para não dizer uma completa irresponsabilidade dos órgão que regem esse processo eleitoral. Uma verdadeira vergonha!!
------------------------------------------------------------------------------------------------
Pipocam blogs na internet com muita porcaria mas também muita coisa boa. Muitas cabeças pensantes com opiniões muito interessantes. Recomendo um blog em especial http://www.mizunski.blog.terra.com.br/. Opiniões firmes, sólidas. O homem, além disso também é poeta. Leiam, é muito interessante! Um poeta sempre tem algo para dizer que toca nossa alma. Este poeta é especial, afinal esta sempre de plantão.

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Diário de um professor público

Voltamos esta semana para a escola. Estávamos parados devido às cheias que assolaram o Estado nestes últimos dez dias. A destruição foi desoladora. Se perderam roupas, materiais elétricos e eletrônicos( computadores, rádios, aparelhos de DVD, etc). Perdeu-se comida, quilos de carne congelada, sacos e mais sacos de arroz, frutas, verduras, legumes. Triste, muito triste!
A única coisa que resta é começar a limpar a bagunça. Professores e funcionários em regime de mutirão estão limpando a escola. Só que nós limpamos, ajeitamos e etc e depois vamos para nossas casas com todos os confortos que temos. Mas e quem mora lá? E quem foi assolado pelas cheias como faz? Triste, muito triste!